Blog

Blog do NetProfissões
SER EMPREENDEDOR OU EMPREGADO: QUAL O SEU PERFIL?

SER EMPREENDEDOR OU EMPREGADO: QUAL O SEU PERFIL?

  • Por NetProfissões
  • Carreira, Empreendedorismo

Ser empreendedor ou ser empregado é uma decisão que envolve diversos fatores, mas dentre eles, o mais importante é a sua personalidade.

Nos últimos anos, um dos temas que mais vem ganhando destaque é o empreendedorismo e a possibilidade que muitos enxergam de deixar de ser empregado para, finalmente, tornar-se chefe.

Essa de fato é uma das características para as quais muitos olham, buscando como referência empreendedores bem-sucedidos e a capacidade deles em administrar seus empreendimentos de sucesso.

Contudo, muitos outros fatores estão ligados à decisão de ser empreendedor ou ser empregado, e, dentre eles, o perfil que você possui é um dos mais importantes.

Se você quer saber mais a respeito sobre começar a trabalhar por conta ou trabalhar com carteira assinada, preparamos um artigo completo, para demonstrar tudo o que precisa saber para decidir qual rumo tomar.

  • Empreendedor ou Empregado? Eis a questão
  • Prós e Contras de ser empregado
  • Prós e Contras de ser empreendedor
  • Riscos
  • Siga o seu perfil, realidade e objetivo de vida

Empreendedor ou Empregado? Eis a questão

Tanto empreendedor quanto empregado possuem características marcantes que se destacam frente a diferentes situações.

Quando falamos a respeito de empreendedorismo e aqueles que se arriscam neste desafio, um dos aspectos mais marcantes é a capacidade que possuem para reagir rapidamente a qualquer dificuldade e a facilidade na resolução de problemas.

Tais aspectos são essenciais para quem empreende na criação e administração de uma empresa, o que permite manter uma atividade constante e, ao mesmo tempo lucrativa.

Por outro lado, quando falamos a respeito dos trabalhadores com carteira assinada, algo que mais se destaca é a sensação de segurança dada pelo emprego formal, além de falta de preocupação com fatores determinantes para a manutenção de empresa.

Mas, diferente do que o senso comum prega, ambos possuem seus prós e contras, com benefícios e desvantagens sobre os quais iremos falar agora.

Prós e Contras de ser empregado

Quando falamos sobre ser empregado, é comum a sensação de segurança dada por uma carteira de trabalho assinada.

Contudo, frente à instabilidade do mercado podemos dizer que essa é uma falsa impressão, tendo em vista que muitas empresas podem fechar suas portas em meio a uma crise ou dificuldade.

Além disso, o empregado está constantemente subordinado às tarefas e atividades estabelecidas para seu cargo, onde há o risco de não ter tanta liberdade de decisões e autonomia.

Por outro lado, o empregado não emprega capital para fazer com que a empresa se mantenha ativa, realizando apenas a venda do seu tempo.

Os proventos do empregado e seus direitos são garantidos por meio de lei, sem contar com a estabilidade financeira mensal e o ganho de experiência em sua área de atuação.

Prós e Contras de ser empreendedor

Falando agora sobre quem pretende empreender ou já atua com empreendedorismo, é possível destacar o risco em relação aos lucros obtidos frente as incertezas do mercado.

Além de assumir todos os riscos com o empreendimento, é do empreendedor a responsabilidade pelo pagamento de impostos, tributos, encargos e responder por eventuais direitos trabalhistas – colocando em risco o dinheiro conquistado – para manter a empresa em funcionamento.

Outro ponto é que o empreendedor irá trabalhar mais do que seus empregados para o bom funcionamento e crescimento de sua empresa, além de responder não mais a um chefe, mas sim a clientes, fornecedores e parceiros.

Podemos destacar a independência em relação ao empregado, a possibilidade de ser dono de seu próprio negócio e dos ganhos maiores de acordo com o rendimento da empresa.

Dessa forma, é perceptível que independentemente da escolha em ser empreendedor ou ser empregado, é possível observar vantagens e desvantagens.

Riscos

De fato, o empreendedor assume a maior parte dos riscos em relação ao negócio que criou, justamente por ser o proprietário.

Além das responsabilidades em lidar com todos os problemas que surgem, quem empreende deve ter a capacidade de revolvê-los com a máxima habilidade e competência possível.

Para lidar da melhor forma com o empreendedorismo é preciso ter foco, visão e um bom planejamento, visando diminuir os riscos que envolvam seu próprio negócio.

Siga o seu perfil, realidade e objetivo de vida

Para decidir entre ser empreendedor ou ser empregado, analise bem todos os prós e contras, procurando alinhar seu perfil com o que sua mente e seu coração dizem que é certo para você.

Mais do que uma escolha, decidir entre trabalhar por conta ou com carteira assinada é uma decisão que envolve seus objetivos de vida e a realidade na qual você está inserido.