Blog

Engenharia Agrícola

Conheça mais sobre a profissão de Engenharia Agrícola

Engenharia Agrícola

O Engenheiro Agrícola especializa-se no planejamento e execução de sistemas direcionados à agricultura, agropecuária e agroindústria.
Capacita-se na realização de projetos, técnicas produtivas e equipamentos operados na agricultura e pecuária.
Projeta e gerencia a infraestrutura em propriedades agrícolas, observando a utilização e preservação dos recursos relacionados ao agroecossistema, com a finalidade de conservar o equilíbrio natural.
Adquire também conhecimentos que envolvem sistemas de irrigação e drenagem, adotando medidas de prevenção ao esgotamento e erosão do solo, evitando a contaminação de mananciais. Planeja técnicas para desenvolvimento e aplicação dos projetos de drenagem, irrigação, armazenagem, comercialização e distribuição da produção agropecuária e demais processos que envolvam construções rurais, como: silos, estábulos, abatedouros, estufas, açudes e barragens.
Eletrificação rural e projetos de mecanização agrícola, são conhecimentos pertinentes ao profissional desta área.

Áreas de Atuação

O Engenheiro Agrícola encontra colocação em fazendas, cooperativas, empresas de armazenamento, logística, indústria de máquinas, implementos, usinas de biocombustível e em diversificados setores, como:


Planejamento Agropecuário: propõe técnicas para utilização de recursos naturais de propriedades rurais, prevê safras, planeja e administra negociações agropecuárias;
Institutos de Pesquisa: aprofunda conhecimentos para descobertas e melhorias na área de Engenharia Agrícola;
Mecanização Agrícola: nas áreas agropecuária e agroindustrial, elabora, desenvolve equipamentos mecânicos e otimiza sistemas mecanizados para as etapas da produção, podendo também, prestar assistência técnica aos agricultores;
Educação: quando pós-graduado, ministra aulas no ensino superior;
Água e Solo: pesquisa métodos de conservação de solos e combate danos ao mesmo. Projeta e implementa sistemas de drenagem, irrigação, açudes e barragens;
Qualidade Rural: mensura e avalia através da estatística e da metrologia cada fase da produção, com a finalidade de ampliar a produtividade e qualidade do produto;
Saneamento: planeja estações de tratamento de efluentes, implementa fossas, tratamento de dejetos agrícolas e desenvolve sistemas de água residuária;
Obras Rurais: projeta e constrói silos, estábulos, estufas, sempre atento à condição adequada de climatização.
Difusão Tecnológica e Extensão Rural: atua na orientação de produtores rurais sobre o conhecimento na produção, de acordo com a capacidade de sua propriedade;
Controle e Automação: supervisiona equipamentos, componentes eletrônicos, elétricos, mecânicos, ópticos e magnéticos;
Consultoria: compartilha o seu conhecimento em forma de orientações específicas ao cliente.

Regulamentação

CONFEA - Conselho Federal de Engenharia e Agronomia e seus conselhos regionais, os CREA’s.

Compartilhe este artigo:

https://www.netprofissoes.com.br/blog/engenharia-agricola

Comentários